Esporte

Futuro de Tcheco no FC Cascavel pode ser definido nesta quinta-feira

Diretoria já anunciou o desejo de contar com o treinador em 2023


Foto: Daniel Malucelli/FC Cascavel

PUBLICIDADE

O aproveitamento de Tcheco à frente do FC Cascavel teve uma baixa considerável nessa temporada de 2022, se comparado ao ano passado, quando ele comandou a equipe cascavelenses pela primeira vez. Em 2021 foram35 jogos, sendo 16 vitórias, 16 empates e apenas três derrotas. O aproveitamento foi de 61% e não foi melhor porque o time empatou muito na temporada passada, o que convenhamos, é melhor do que uma derrota. Na ocasião a Serpente marcou 53 gols e sofreu 38. 

Neste ano de 2022 o FC Cascavel entrou em campo 31 vezes, conseguiu vencer 13 jogos, sofreu 10 derrotas e empatou oito partidas. O saldo foi de 31 gols à favor e 30 contra. O número de jogos foi menor que o ano passado porque o time não chegou até à final do Campeonato Paranaense, feito conquistado em 2021. Do restante a campanha do Aurinegro foi igual: eliminação na 2ª fase da Copa do Brasil e do Brasileiro Série D.

O aproveitamos nesta temporada foi de 50,53%, mas parece ter sido muito pior justamente pelas eliminações que o time sofreu. Na Copa do Brasil a derrota para o Tocantinópolis por 2 a 0, mesmo que fora de casa pesou muito. O FC Cascavel era favorito. No Paranaense perdeu em casa para o Maringá nas quartas de final por 1 a 0, mas no Willie Davids tomou uma goleada por 5 a 0 quando o torcedor acreditava que era possível. Na Série D, a classificação para a 3ª fase estava nas mãos durante as cobranças de pênalti, mas o time tomou a "virada".

A maneira com que as eliminações ocorreram não foram bem digeridas pelo torcedor. Nos três campeonatos que disputou ficou a sensação de que era possível ir mais longe. No dia 25 de junho o clima ficou tenso quando a Serpente foi derrotada em casa pelo Aimoré na 11ª rodada do nacional. Tcheco estava suspenso e assistiu ao jogo nas cabines do Estádio Olímpico. Houve troca discussões, xingamentos e gestos com torcedores que estavam nas arquibancadas cobertas e que protestaram contra o mal desempenho do time.

Apesar dos problemas enfrentados pelo treinador em 2022, a diretoria já revelou o desejo de renovar o contrato de Tcheco por mais uma temporada. O clube acredita que dar tempo ao treinador e garantir uma sequência mais longeva do que o tradicional no futebol brasileiro é importante para atingir o objetivo de subir no ano que vem para a Série C.

Nesta quinta-feira (4), Tcheco e os dirigentes irão se reunir pela primeira vez para sentar e conversar sobre o futuro do treinador. Após a derrota nos pênaltis para o Paraná Clube no último sábado (30) o treinador foi perguntado de qual seria o destino da carreira, mas se limitou a dizer apenas que era cedo demais para falar sobre o assunto.


Redação Catve.com

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Esporte
Últimas notícias de Esporte